Pesquisar este blog

quinta-feira, 14 de julho de 2011

SOMOS PROFESSORES...VENDEDORES DE SONHOS

Somos professores? Muito mais!
Somos educadores? Mais ainda!
Somos vendedores de sonhos!
Vendemos sonhos para o abatido se animar,
Para o tímido ousar, para o ansioso se tranqüilizar,
Para o poeta se inspirar e para o pensador criticar e criar.
Sem sonhos, somos servos!
Sem sonhos, obedecemos a ordens!
Que vocês, alunos, sejam grandes sonhadores!
E, se sonharem, não tenham medo de tropeçar!
E, se tropeçarem, não tenham medo de chorar.
Levantem-se, pois não há caminhos sem acidentes.
Dêem sempre uma nova chance para si mesmos.
Pois a liberdade só é real se, após falharmos,
Existir o direito de recomeçar…
Do livro Filhos brilhantes, alunos fascinantes. Augusto Cury.

20 DICAS PARA O SUCESSO

FÉRIAS



No próximo dia 18 de julho, inicia-se o recesso escolar Felipe Manke, e só retornaremos no dia 01 de Agosto...
Que bom né!!!????
Aproveitem, curtam bastante e voltem com muito entusiasmo, para continuar nossa jornada no Semestre que vem!!!

quarta-feira, 13 de julho de 2011

HISTÓRIA DO LÁPIS

Uma história curta e objetiva


O menino olhava a avó escrevendo uma carta. A certa altura, perguntou:
- Você está escrevendo uma história que aconteceu conosco? E por acaso, é uma história sobre mim? A avó parou a carta, sorriu, e comentou com o neto:
- Estou escrevendo sobre você, é verdade. Entretanto, mais importante do que as palavras, é o lápis que estou usando. Gostaria que você fosse como ele quando crescesse. O menino olhou para o lápis, intrigado, e não viu nada de especial.
- Mas ele é igual a todos os lápis que vi em minha vida!
- Tudo depende do modo como você olha as coisas. Há cinco qualidades nele que, se você conseguir mantê-las, será sempre uma pessoa que fará a Diferença.
‘Primeira qualidade:
Você pode fazer grandes coisas, mas não deve esquecer nunca que existe uma Mão que guia seus passos. Esta mão é a de Deus, e Ele deve sempre conduzi-lo em direção a Sua vontade’.
‘Segunda qualidade:
De vez em quando eu preciso parar o que estou escrevendo, e usar o apontador. Isso faz com que o lápis sofra um pouco, mas no final, ele está mais afiado. Portanto, saiba suportar dores, porque elas o farão ser uma pessoa melhor’.
‘Terceira qualidade:
O lápis sempre permite que usemos uma borracha para apagar aquilo que estava errado. Entenda que corrigir uma coisa que fizemos não é necessariamente algo mau, mas algo importante para nos manter no caminho da justiça’.
‘Quarta qualidade:
O que realmente importa no lápis, não é a madeira ou sua forma exterior, mas o grafite que está dentro. Portanto, sempre cuide daquilo que acontece dentro de você’.
‘Quinta qualidade do lápis:
Ele sempre deixa uma marca. Da mesma maneira, saiba que tudo que você fizer na vida, irá deixar traços, e procure ser consciente de cada ação’.

NINGUÉM É PERFEITO

ABRAÃO... Era velho demais; SARAH... Era estéril; JACÓ... Foi trapaceiro; LÉIA... Era feia; JOSÉ... Era um sonhador; MOISÉS... Tinha um problema de gagueira; RAABE... Era uma prostituta; DAVI... Foi um assassino; SALOMÃO... Foi mulherengo; ISAIAS... Tinha lábios impuros; JEREMIAS... Era muito jovem; ELIAS... Teve medo; JONAS... Fugiu de Deus; NOEMI... Era uma viúva; PEDRO... Era emotivo e negou a Cristo; MARIA MADALENA... Foi adultera; MARTA... Preocupava-se demais com as coisas; TOMÉ... Duvidava de tudo; ZAQUEU... Era usurpador; PAULO... Era religioso demais; TIMÓTEO... Tinha uma úlcera; LÁZARO... Estava morto! 
Vai continuar dando desculpas?
Deus usou todos esses com seus defeitos, afinal ninguém perfeito.
Mas Deus conta com cada um de nós.
Prepare-se para a guerra.


http://forcajovemsantana.blogspot.com

O MUNDO SEM SENTIMENTOS


Já pensou como seria um mundo sem sentimentos? 
Aquele mundo não tinha sentimentos. 
Não havia casas. Ninguém havia vontade de morar numa casa, pois pouco ligavam se a chuva os atormentassem, o sol os torturassem ou no solo dormissem.
Não havia emprego. Não se importavam se sua comida era uma barata ou um rato. Não havia nojo, desgosto ou dor. 
Não havia também vontade de nada, sequer as pessoas andavam pelas ruas. Desculpe, não havia ruas. Ninguém as construiu. 
Mas isso não era preguiça, e sim, falta de sensações. 
De emoções. 
De sentimentos. 
É melhor um mundo sem sentimentos. Não precisamos nos preocupar com o dinheiro, com a dor o com o desapontamento. Mas, pensando bem, também não havia ninguém naquele mundo. 
Ninguém sentia amor, não havia reprodução. 
Sem sentimento, a vida pode não ter sentido. Se ninguém possuia sentimentos, não havia ninguém para que o mundo mostrasse sua beleza. 
Mas talvez seja melhor assim. 
Desse modo, não pecebemos a nossa insignificância no mundo, onde não é preciso nossa existência para que este sobreviva. E que este fique melhor sem nós. 
Lá vai embora, o mundo sem sentimentos…

SENTIMENTOS E EMOÇÕES

Os Sentimentos e as Emoções
É comum a idéia de que, quando a mente humana entra em ação, em primeiro lugar se formou o pensamento. Mas, numa camada mais profunda do que aquela que em que se forma o pensamento, surge o sentimento, que gera o pensamento. 
As pessoas pensam porque sentem.
A força criativa não é acionada diretamente pelo pensamento. Toda ação criativa é decorrente de um sentimento. Portanto, os sentimentos desempenham um papel muito importante, porque acionam todos os pensamentos e ações.
Mente Subconsciente é a sede de todas as emoções, de todos os sentimentos. A Mente Consciente é apenas uma área mental onde são registrados os sentimentos já experimentados. Esta é a razão porque as emoções e os sentimentos gravados na Mente Subconsciente se manifestam com tanta força.
E agora chega o momento onde é fundamental diferenciar emoções de sentimentos, pois existe muita confusão, porque na verdade, elas caminham muito perto uma da outra. Até porque, todas afloram do mesmo ponto da mente, o subconsciente; embora as emoções sejam mais reptilianas, enquanto os sentimentos são mais límbicos.
A grande diferença está no processo evolutivo do indivíduo, ou seja, se ele aceita ser movido:
- Pelos instintos e a irracionalidade ou,
- Pela espiritualidade, assumindo seu livre-arbítrio e todas as suas conseqüências.
emoção é o estado afetivo intenso, muito complexo, proveniente da REAÇÃO, ao mesmo tempo mental e orgânica, sob a influência de certas excitações internas ou externas. Na emoção existe forte influência dos instintos, das inferioridades e da não-racionalidade.
sentimento se distingue basicamente da emoção, por estar revestido de um número maior de elementos intelectuais e racionais. No sentimento já existe alguma elaboração no sentido do entendimento e da compreensão. No sentimento já acontece uma reflexão e aproximação do livre-arbítrio, da espiritualidade e da racionalidade ou evolução humana.
Feita esta diferenciação, existem três tipos de sentimentos — agradáveis, desagradáveis e neutros. Quando temos um sentimento desagradável, desejamos evitá-lo. Porém, o ideal é voltar à respiração consciente, que vai oxigenar, trazer clareza e; apenas observá-lo, identificando-o em silêncio. Inspirando, tomo consciência de que há um sentimento desagradável em mim. Expirando, percebo claramente que há um sentimento desagradável em mim. Raiva, tristeza ou medo, nomeado e identificado com clareza, fica mais sincera e profunda a forma de lidar com ele.
respiração é a forma mais poderosa à nossa disposição para nutrir e fortalecer as  condições de como lidar com os desafios emocionais e afetivos. As filosofias orientais já dominavam este conhecimento e faziam uso desta ferramenta há milênios. Bons exemplos são a yoga e os mantras.
Através da respiração é possível entrarmos rapidamente em contato com nossos sentimentos, observá-los por uma ótica mais clara e administrá-los. Se a respiração for leve e tranqüila — resultado natural da respiração consciente — a mente e o corpo irão lentamente se tornando leves, tranqüilos e claros. E da mesma forma os sentimentos.
Na emoção a respiração é frágil, inadequada, ineficiente: não permite
verdadeira InspirAção (Ar, Oxigênio) ou ExpirAção (limpeza).
Na cura dos sentimentos desagradáveis é fundamental cuidado, afeição e não-violência. Não acredito em transformações sem amor. Mesmo porque, através da observação consciente, os sentimentos desagradáveis podem ser muito esclarecedores, proporcionando revelações e compreensão a respeito de nós mesmos, do desafio e da nossa sociedade.
O sentimento verdadeiro é a compreensão, é o perdão e muitas vezes gratidão.
Em vez da ação que busca se desfazer de partes de nós mesmos, devemos aprender a arte da transformação. Podemos transformar nossa raiva, por exemplo, em algo mais salutar como a compreensão. E, desta mesma forma, é possível tratar a depressão, a ansiedade, o medo ou a desesperança.

Alegria é um sentimento. Euforia é emoção.
Tristeza é um sentimento. Depressão é emoção. A tristeza é inevitável em algumas situações da vida, mas ela pode ser vivenciada juntamente com a paz, porque acontece a compreensão de que tudo é passageiro e transitório, como também aprendizado.
Medo é um sentimento. Pânico é emoção. Os medos são muitos e até servem como autoproteção, autopreservação ou alerta. Mas o medo constante, sem motivo aparente ou real, que paraliza, revela falta de lucidez e confiança. Coragem (coração + ação) é fazer com medo.
Raiva é um sentimento. Ódio é emoção. É humano expressamos o sentimento de raiva, até como um posicionamento, um discernimento. Mas este sentimento deve ser rápido, passageiro, o tempo de aprender como transformá-lo em atitudes realizadoras, oportunidades do exercício da paciência, tolerância e compreensão. Jamais deixe que a raiva se transforme em mágoa, rancor ou ódio, pois este é o caminho da autodestruição.
Amor é um sentimento. Paixão é emoção. O Amor anima e liberta. Junto com a paixão vem de brinde o ciúmes, a dor, insegurança e a possessividade.

As emoções nos levam às ilusões, às falsas expectativas, à distorção da realidade. Desta forma, ficam comprometidos o discernimento e a capacidade de julgamento. Fica faltando a inspiração que nos enche da luz da evolução espiritual.
Os sentimentos nos fazem superar, crescer, transbordar, expandir para a conquista da paz.
Continua em Transformando os Sentimentos

Este texto faz parte do livro Mente e Cérebro poderosos - Editora Pensamento-Cultrix.
Conceição Trucom é química, cientista, palestrante e escritora sobre temas voltados para a alimentação natural, bem-estar e qualidade de vida.
Reprodução permitida desde que mantida a integridade das informações e citada a autora e fonte: www.docelimao.com.br

terça-feira, 5 de julho de 2011

ABRAÇÃO

"Se pudéssemos ter consciência do quanto

nossa vida é passageira,
talvez

pensássemos duas vezes antes de jogar fora as oportunidades que temos de ser e de fazer os outros felizes !!!
(((

CADEIA DE ABRAÇOS )))

 
Você acabou de receber um abraço!!!
É isto mesmo, não há como se safar!!!

 
Você caiu no Abraçódromo! Assim, você vai ter que abraçar todo mundo que você conhece!
Abrace seus parentes, amigos, todo mundo!

 
O abraço é um sinal favorito de afeição.
Ele pode significar tanto, e tantas coisas ao mesmo tempo.
Pode significar um sinal de amor, de amizade, de conforto ou tudo junto!


 

 

 
com

muito carinho.... pois você é especial pra mim!!!!!

TEMPO

O FOLHETO - EMOCIONANTE

Todos os domingos à tarde, depois da missa da manhã na igreja, o
velho padre e seu sobrinho de 11 anos saíam pela cidade e entregavam
folhetos sacros.

Numa tarde de domingo, quando chegou à hora do padre e seu sobrinho
saírem pelas ruas com os folhetos, fazia muito frio lá fora e também
chovia muito. O menino se agasalhou e disse:

-Ok, tio padre, estou pronto. '

E o padre perguntou:

-'Pronto para quê?':

-'Tio, está na hora de juntarmos os nossos folhetos e sairmos. '

O padre respondeu:


-'Filho, está muito frio lá fora e também está chovendo muito. '

O menino olhou surpreso e perguntou:

-'Mas tio, as pessoas não vão para o inferno até mesmo em dias de chuva?'

O padre respondeu:

-'Filho, eu não vou sair nesse frio. '

Triste, o
menino perguntou:

-'Tio, eu posso ir? Por favor!'

O padre hesitou por um momento e depois disse:

-'Filho, você pode ir. Aqui estão os folhetos. Tome cuidado, filho. '

-'Obrigado, tio!'

Então ele saiu no meio daquela chuva. Este menino de onze anos
caminhou pelas ruas da cidade de porta em porta entregando folhetos
sacros a todos que via.

Depois de caminhar por duas horas na chuva, ele estava todo molhado,
mas faltava o último folheto. Ele parou na esquina e procurou por
alguém para entregar o folheto, mas as ruas estavam totalmente
desertas. Então ele se virou em direção à primeira casa que viu e
caminhou pela calçada até a porta e tocou a campainha. Ele tocou a
campainha, mas ninguém respondeu. Ele tocou de novo, mais uma vez, mas
ninguém abriu a porta. Ele esperou, mas não houve resposta.

Finalmente, este soldadinho de onze anos se virou para ir embora, mas
algo o deteve. Mais
uma vez, ele se virou para a porta, tocou a campainha e bateu na porta
bem forte. Ele esperou, alguma coisa o fazia ficar ali na varanda. Ele
tocou de novo e desta vez a porta se abriu bem devagar.
De pé na porta estava uma senhora idosa com um olhar muito triste. Ela
perguntou gentilmente:

-'O que eu posso fazer por você, meu filho?'

Com olhos radiantes e um sorriso que iluminou o mundo dela, este
pequeno menino disse:

-'Senhora, me perdoe se eu estou perturbando, mas eu só gostaria de
dizer que JESUS A AMA MUITO e eu vim aqui para lhe entregar o meu
último folheto que lhe dirá tudo sobre JESUS e seu grande AMOR. '

Então ele entregou o seu último folheto e se virou para ir embora.
Ela o chamou e disse:

-'Obrigada, meu filho!!! E que
Deus te abençoe!!!'

Bem, na manhã do seguinte domingo na igreja, o Padre estava no altar,
quando a missa começou ele perguntou:

- 'Alguém tem um
testemunho ou algo a dizer?'

Lentamente, na última fila da igreja, uma senhora idosa se pôs de pé.
Conforme ela começou a falar, um olhar glorioso transparecia em seu rosto.

- 'Ninguém me conhece nesta igreja. Eu nunca estive aqui. Vocês sabem
antes do domingo passado eu não era cristã. Meu marido faleceu a algum
tempo deixando-me totalmente sozinha neste mundo. No domingo passado,
sendo um dia particularmente frio e chuvoso, eu tinha decidido no meu
coração que eu chegaria ao fim da linha, eu não tinha mais esperança
ou vontade de viver.

Então eu peguei uma corda e uma cadeira e subi as escadas para o sótão
da minha casa. Eu amarrei a corda numa madeira no telhado, subi na
cadeira e coloquei a outra ponta da corda em volta do meu pescoço.
De pé naquela cadeira, tão só e de coração partido, eu estava a ponto
de saltar, quando, de repente, o toque da campainha me assustou. Eu
pensei:

-'Vou esperar um
minuto e quem quer que seja irá embora. '

Eu esperei e esperei, mas a campainha era insistente; depois a pessoa
que estava tocando também começou a bater bem forte. Eu pensei:

-'Quem neste mundo pode ser? Ninguém toca a campainha da minha casa ou
vem me visitar. '

Eu afrouxei a corda do meu pescoço e segui em direção à porta,
enquanto a campainha soava cada vez mais alta.

Quando eu abri a porta e vi quem era, eu mal pude acreditar, pois na
minha varanda estava o menino mais radiante e angelical que já vi em
minha vida. O seu SORRISO, ah, eu nunca poderia descrevê-lo a vocês!
As palavras que saíam da sua boca fizeram com que o meu coração que
estava morto há muito tempo SALTASSE PARA A VIDA quando ele exclamou
com voz de querubim:,

-'Senhora, eu só vim aqui para dizer QUE JESUS A AMA MUITO. '

Então ele me entregou este folheto que eu agora tenho em minhas mãos.

Conforme aquele anjinho
desaparecia no frio e na chuva, eu fechei a porta e atenciosamente li
cada palavra deste folheto.

Então eu subi para o sótão para pegar a minha corda e a cadeira. Eu
não iria precisar mais delas. Vocês vêem - eu agora sou uma FILHA
FELIZ DE DEUS!!!

Já que o endereço da igreja estava no verso deste folheto, eu vim aqui
pessoalmente para dizer OBRIGADO ao anjinho de
Deus que no momento certo livrou a minha alma de uma eternidade no inferno. '

Não havia quem não tivesse lágrimas nos olhos na igreja.
o Velho Padre desceu do altar e foi em direção a primeira fila onde o
seu anjinho estava sentado. Ele tomou o seu sobrinho nos braços e
chorou copiosamente.

Provavelmente nenhuma igreja teve um momento tão glorioso como este.

Bem aventurados são os olhos que vêem esta mensagem. Não deixe que ela
se perca, leia-a de novo e passe-a adiante.

Lembre-se: a mensagem de
Deus pode fazer a diferença na vida de alguém próximo a você.

Por isso...

- Me perdoe se eu estou perturbando, mas eu só gostaria de
dizer que JESUS TE AMA MUITO e eu vim aqui para lhe entregar o meu
último folheto.

segunda-feira, 4 de julho de 2011

ALGUNS FATOS

1.
Gosto de você não por quem tu és, mas por quem sou quando estou contigo.
2.
Nenhuma pessoa merece tuas lágrimas, e quem as mereça não te farás chorar.

3.
Só porque alguém não te ama como você quer, não significa que não te ame
com todo teu ser.
4.
Um verdadeiro amigo é quem pega tua mão e toca teu coração.
5.
A pior forma de sentir saudade de alguém é estar sentado a seu lado e
saber que nunca o poderás ter.

6.
Nunca deixes de sorrir, nem quando estejas triste porque nunca sabes quem pode se apaixonar por teu sorriso.
7.
Podes ser somente uma pessoa para o mundo, mas para alguma pessoa você é o mundo.
8.
Não passes o tempo com alguém que não esteja disposto a passá-lo contigo.

9.
Quem sabe Deus queira que conheças muita gente equivocada antes que conheças a pessoa adequada, para que quando finalmente a conheças, saibas estar agradecido.
10.
Não chores porque já terminou, sorria porque aconteceu.
11.
Sempre haverá gente que te machuca, assim que o que tens a fazer é seguir confiando
e ser mais cuidadoso em quem confias duas vezes.
12.
Transforme-se em uma pessoa melhor e assegure-se de saber quem és antes de
conhecer alguém e esperar que essa pessoa saiba quem és.
13.
Não te esforçes tanto, as melhores coisas acontecem quando menos as esperas.
"TUDO QUE ACONTECE, ACONTECE POR UMA RAZÃO"

FOLHAS DE OUTONO???

O QUE VOCÊ VÊ NESSA IMAGEM?

VOCÊ SABIA?

* Que é impossível lamber o próprio cotovelo.
* Um crocodilo não consegue colocar a língua fora da boca.
* Os camarões têm o coração alojado na cabeça.
* Um estudo abrangendo cerca 200 mil avestruzes durante mais de 80 anos,não registrou um único caso em que uma avestruz fosse vista enfiando a cabeça na areia.
* Os porcos não são fisicamente capazes de olhar para o céu.
* Mais de 50% das pessoas, no mundo inteiro, nunca fizeram nem receberam chamadas telefônicas.
* Os ratos e os cavalos não conseguem vomitar.
* Se você espirrar com muita força, pode partir uma costela.
* Se você tentar impedir que um espirro seja expelido, pode morrer ao causar a ruptura de uma veia no cérebro ou na nuca.
* Se mantiver, à força, os olhos abertos durante um espirro é possível que eles saiam das órbitas.
* Os ratos multiplicam-se tão rapidamente que, em 18 meses, um casal de ratos pode ter mais do que um milhão de descendentes.
* O isqueiro foi inventado antes do fósforo.
* 35% das pessoas que utilizam os anúncios em jornais à procura de companhia já são casadas.
* 23% das avarias em fotocopiadoras, a nível mundial, são causadas por pessoas que se sentam no aparelho para fotocopiar o traseiro.
* Ao longo da vida cada pessoa engole durante o sono, em média,cerca de 70 insetos e 10 aracnídeos.
* O pó de arroz inclui quase sempre escamas de peixe na sua composição.
* Tal como as impressões digitais, a superfície da língua é diferente de pessoa para pessoa.
* 95% das pessoas que lêem este post tentam lamber o cotovelo.

PARE DE RIR... VOCÊ TENTOU LAMBER O COTOVELO QUE EU SEI...

APRENDENDO A VIVER


Aprendi que se aprende errando
Que crescer não significa fazer aniversário.
Que o silêncio é a melhor resposta, quando se ouve uma bobagem.
Que trabalhar significa não só ganhar dinheiro.
Que amigos a gente conquista mostrando o que somos.
Que os verdadeiros amigos sempre ficam com você até o fim.
Que a maldade se esconde atrás de uma bela face.
Que não se espera a felicidade chegar, mas se procura por ela
Que quando penso saber de tudo ainda não aprendi nada
Que a Natureza é a coisa mais bela na Vida.
Que amar significa se dar por inteiro
Que um só dia pode ser mais importante que muitos anos.
Que se pode conversar com estrelas
Que se pode confessar com a Lua
Que se pode viajar além do infinito
Que ouvir uma palavra de carinho faz bem à saúde.
Que dar um carinho também faz...
Que sonhar é preciso
Que se deve ser criança a vida toda
Que nosso ser é livre
Que Deus não proíbe nada em nome do amor.
Que o julgamento alheio não é importante
Que o que realmente importa é a Paz interior.

"Não podemos viver apenas para nós mesmos.
Mil fibras nos conectam com outras pessoas;
e por essas fibras nossas ações vão como causas
e voltam pra nós como efeitos."

INVERNO

O tempo está fresco e por vezes cinzento, é o Inverno. Por esta altura a natureza muda de figura. Das quatro estações, talvez o Inverno seja a mais cantada e falada em versos e prosas... Há algo de romântico, afrodisíaco solto no ar... Não é por um acaso que se comemora o Dia dos Namorados no mês de junho...

Com dias mais curtos, noites mais longas, o inverno por ser a estação mais fria do ano, faz com que nesse período a natureza revista-se de um novo cenário. Um cenário próprio para a semeadura. E ali, procuraremos, como semeadores das palavras que somos, escolher os melhores grãos para serem cultivados por almas, por corações sedentos por uma palavra de conforto, de amor. É a época de pensar em nossos objetivos para o novo ciclo a ser apresentado, conforme a experiência adquirida.

Um cenário completamente mágico, como um convite para sonhar, para vivenciar o amor em toda sua plenitude. Com luzes nos mais variados tons produzidas pelo Sol, em nuances especiais, ele é criado para estimular aos poetas a escrever poesias belíssimas para seus leitores.

Realmente há um quê de encanto e magia com a chegada do frio... E em todo inverno acontece sempre a mesma coisa... Principalmente quando ele resolve aparecer de verdade. Quando a onda de frio chega, afugenta as pessoas das ruas e o gostoso é poder curtir a casa, o sofá, a cama..., com ou sem companhia. Programas noturnos como idas a bares ou restaurantes, só se forem muito importantes ou compromissos pra lá de assumidos. Cinema, teatro torna-se mais interessante e aconchegante, mas apenas se a companhia e o tema forem muito mais...

O céu fica mais lindo, mais azul. Porém existe uma neblina fria pela manhã, antes do sol sair, que para muitos poetas significa o mistério. Seus crepúsculos róseos se tornam um convite para construção de rimas, versos livres, liberando emoções.

Ficar quietinhos, bem juntinhos, se possível próximo a uma lareira, é tudo que um casal apaixonado quer... As cidades nas montanhas, nas serras se preparam durante todo ano para a recepção dos casais enamorados. No inverno, apagamos as luzes, usamos candelabros e namoramos mais... Tudo se torna um convite ao amor...

Os pássaros e os insetos estão quietos e as árvores, despem-se de suas folhas que desde o outono principiaram amarelecer e a cair. O silêncio é um convite à reflexão, na descoberta do por que da vida.

No inverno, Deus cobre a Terra de neve (em alguns Países) para proteger e descansar o seu interior. E ela dá um toque especial, convidando a todos os poetas a uma viagem etérea.

Tudo que existe, foi criado e protegido por Deus, para a felicidade da criatura humana.

Quando ele chega, é como se o mundo vegetal refletisse a imagem da purificação, mediante a qual Deus remove as imperfeições da vida de seus filhos. É o momento para avaliarmos os objetivos existentes e atingidos ou não. De tudo que se foi proposto, certamente haverá metas que não foram alcançadas. Na verdade não devemos encarar como um fracasso, pois sempre se aprende com a experiência. Sabemos sim que este é o momento de se investigar quais são as causas que tem nos impedido de alcançarmos o êxito. E uma vez descobertos os obstáculos que nos impedem, devemos elaborar um plano para superá-los e avançar, desta maneira, até um êxito final.

Quando os raios do sol diminuem sua intensidade ao cair da tarde é o momento de nos prepararmos para mais um dia.

É o momento de se ter fé e esperança de que tudo irá melhorar se tivermos uma atitude interior correta, se amarmos e sermos solidários. E é ai que a poesia entra com sua força total. Como ânimo, como acalanto, como um tônico revigorante nos proporcionando a força, o estopim necessário para reacender os sentimentos adormecidos que se encontram dentro de nós.

FELIZ METADE DO ANO


sexta-feira, 1 de julho de 2011

MAMONAS ASSASSINAS



Imagine um quinteto brasileiro que carrega nos seus principais ingredientes rock, interpretação, figurino engraçado, atitude, letras cômicas e uma pitada de sentimentalismo. Pronto. Está armado o cenário perfeito para atingir público ilimitado no Brasil, sem fronteiras de classe social, cor, idade ou sexo. A solução pra um país desigual? Infelizmente não falamos de política, mas de uma banda que conseguiu quebrar paradigmas, unir a nação verde amarela (fora da copa do mundo) e provar que a mistura de ritmos é tão saudável quanto a mescla de diferentes povos.

Profundo isso, não? Tantas palavras robustas para falar de cinco malucos que formaram os Mamonas Assassinas no ano de 1995. Os últimos brasileiros nascidos na década de 1990 podem se orgulhar por terem vivido um período histórico da música. Nunca se viu tantos idosos curtindo um punk rock engraçado, nem tantas crianças com estilo alternativo para imitar os ídolos. E o mais extraordinário: com os pais apoiando, patrocinando fantasias e “discos” da banda. 

Os Mamonas Assassinas formavam uma banda tipicamente brasileira de rock cômico e punk rock, com influências de gêneros populares, tais como forró, sertanejo, além de heavy metal, rock progressivo e música portuguesa. A carreira da banda durou o curto tempo de Julho de 1995 até 2 de março de 1996 (7 meses). Não só a morte de seus integrantes, como também o sucesso destes, foi meteórico e estrondoso.

Com um único álbum de estúdio, Mamonas Assassinas, lançado em julho de 1995, o grupo acarretou a venda de mais de 2 milhões de cópias no Brasil, sendo certificado com Disco de Diamante em 1995.

Porém, no auge de suas carreiras, os integrantes da banda foram vítimas de um acidente aéreo fatal. O Brasil inteiro parou para lamentar a morte do quinteto que havia conquistado toda a rede de televisão e rádio nacional. O mais impressionante foi a forma como a crítica recebeu a irreverência do grupo, que mal deu tempo para as tribos esquerdistas tentarem abalar a sua carreira, ou de outros jovens tentarem sequer copiar o estilo para concorrer.

Dinho (Alexsander Alves) – vocal, Bento Hinoto (Alberto Hinoto), Júlio Rasec (Júlio César), Samuel Reoli (Samuel Reis de Oliveira) e Sérgio Reoli (Sérgio Reis de Oliveira), experimentaram a fama na medida exata da aprovação unânime do público. Os cinco jovens ainda foram além. Eles mergulharam na onda de sentimentalismo, demonstraram o sentido da real da amizade e deixaram este planeta para entrar na lista dos seres humanos mais aclamados neste país.
Toda a energia que envolveu os Mamonas Assassinas ainda é sentida pelos brasileiros. Não há quem não se recorde do fatídico março de 1996, quando esse país perdeu um dos seus maiores ícones musicais. A morte rápida ocorrida de uma forma tão estúpida, justo com um grupo que aquecia sentimentos humanos no momento de fervor da carreira, fez do ícone Mamonas Assassinas mais do que um mito intocável, pois enalteceu ao máximo a aura do fenômeno midiático.

Muitas sensações foram experimentadas pelo imaginário social, simultaneamente, sentida pela mídia e por várias famílias apaixonadas pelo grupo. O que era amor e paixão transformou-se em raiva e indignação. A morte pública foi vivenciada no momento de maior sensibilidade comum.

O espetáculo dos Mamonas Assassinas não teve final feliz. Porém, conseguiu levar eternamente a admiração do público que jamais deixou de aplaudir os atores.